Educação em SP: a culpa é dos nordestinos? – para José Serra, sim !!!!

Em 2006, quando candidato a governador de São Paulo, José Serra deu entrevista ao jornalista Chico Pinheiro, na Globo de São Paulo. O entrevistador perguntou como o então candidato –atual governador– explicava as notas baixas das escolas públicas de São Paulo – estado que os tucanos controlavam, então, há doze anos. A resposta de Serra foi taxativa: a culpa é dos migrantes.

“Diferentemente dos Estados do Sul [que foram os primeiros colocados na avaliação, São Paulo tem muita migração. Muita gente que continua chegando… Este é um problema”, afirmou Serra na ocasião.

Com a péssima repercussão da entrevista –principalmente entre os nordestinos, que são a maior parte dos migrantes que vivem em São Paulo– o governador tentou consertar a declaração e passou a elencar inúmeros fatores que também contribuíam para o péssimo desempenho da educação conduzida pelo governo do Estado.

Mas 2 anos depois de ter assumido o governo, parece que a gestão Serra ainda não encontrou os reais motivos para os problemas da educação e, se encontrou, não tomou providências pois o Enem continua mostrando que a situação educacional vai de mal a pior no maior e mais rico estado da federação.
Leia também matéria publicada no blogue do Gadelha, em 2006

Nota Zero: Serra culpa nordestinos pelo fraco desempenho de São Paulo na educação

Montagem de Serra no SPTV Não quero acreditar que o professor José Serra seja capaz, em sã consciência, de culpar os nordestinos pelo reprovação de São Paulo no quesito “educação”. Mas foi isso que ele fez. Talvez um descuido de linguagem. Talvez um preconceito que ele próprio desconhecia. O fato é que ele fez isso. Ao culpar a migração por problemas de São Paulo, estava culpando os nordestinos, que são a maioria. Culpou exatamente quem mais ajudou a construir o mais rico dos nossos estados. Pior: replicou a entrevista que deu ao SPTV no seu site de campanha. Chico Pinheiro fez a pergunta: “Temos uma outra questão seríssima aqui em São Paulo que é a questão do ensino, a baixa qualidade da educação. São Paulo foi reprovada em educação nas provas”. E Serra respondeu: “Não chegou a ser reprovado, teve 7º, 8º lugar, que não corresponde, mas não é reprovação, não é abaixo da média do Brasil. São Paulo tem que entender o seguinte: diferentemente dos estados do Sul, que são os que têm melhor situação, São Paulo tem muita migração, muita gente que continua chegando, este é um problema”. Serra não deveria esquecer que nordestino também vota…

leia também matéria publicada no blogue Via Sinuosa, em 17.08.2006

Serra afirma que a culpa pelo problema da educação em São Paulo é o migrante (leia-se nordestinos)

“Diferentemente dos Estados do Sul (que ocupam as primeiras colocados na avaliação), São Paulo tem muita migração. Muita gente que continua chegando… Este é um problema.”
Chico Pinheiro: Bom, nós temos uma outra questão seriíssima em São Paulo que é a questão do ensino e a baixa qualidade da educação. São Paulo foi reprovada em educação nas provas sobre a educação no país.

Carla Vilhena:
Prova Brasil, no SAEB.
José Serra: Não chegou a ser reprovado, teve sétimo, oitavo lugar. Não é abaixo da média do Brasil. Agora tem que entender o seguinte, diferentemente dos Estados do Sul, que são os que têm melhor situação, São Paulo tem muita migração, não é? Muita gente que continua chegando, este é um problema. E houve uma expansão quantitativa muito grande do ensino. Eu acho que agora a gente tem que olhar para frente, enfatizar a qualidade.
O que eu fiz na Prefeitura e o que vou fazer no Estado? Botar duas professoras por sala de aula no primeiro ano do ensino fundamental. Isto é crucial para que as crianças aprendam. Eu não quero nenhuma criança passando de ano sem aprender aquilo que tem que aprender naquele ano.
Carla Vilhena: Candidato permita-me então.
José Serra: Isso é essencial olhando para a qualidade daqui para frente.
Carla Vilhena: Duas professoras, a gente chega a até ter 50 alunos por sala de aula, a quantidade de dinheiro na educação hoje é a maior parte é para pagar professores, mais de 9 bilhões para pagar os professores que já estão, quer dizer, esse número chegaria a 19 bilhões para pagar esse segundo professor em sala de aula. De onde que vai sair esse dinheiro?
José Serra: Carla na Prefeitura–
Chico Pinheiro: Candidato
José Serra: Eu dei aula toda a semana, eu sou professor, fui a vida inteira professor. Eu fui dar aula todas as semanas para terceira ou quarta série mudando de escola, exatamente para entender o problema. Esta segunda professora é estudante universitária de Pedagogia, de Letras.
Chico Pinheiro: Como voluntária?
José Serra: Não é voluntária, ganha, mas é um salário inicial, é uma assistente. A Prefeitura já fez em quase metade das escolas, isso é perfeitamente viável do ponto de vista financeiro. E vou dizer para vocês, é o meu grande desafio, melhorar a qualidade da educação e levar até escola técnica que também é fundamental para oportunidades no mercado de trabalho.
O Jornalista Josias de Souza afirmou em texto disponível em seu blog : “A migração que incha o Estado é, como se sabe, majoritariamente de nordestinos. Ou seja, para Serra, o problema da má qualidade da educação em São Paulo é o Nordeste. Além de preconceituosa, a avaliação é equivocada. Um nordestino não é mais burro do que um paulista. Só é mais pobre. E para crianças pobres o que São Paulo oferece são escolas públicas indigentes. Um problema que não vai ser resolvido apenas colocando dois professores em cada sala de aula, como prometeu Serra na entrevista.”Blog do Josias

Anúncios

Publicado em 11/10/2010, em Atualidades. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: