O Universo primitivo era líquido

Paula Rothman, de INFO OnlineQuarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 12h50

CERN

O Universo primitivo era líquido

Simulações das colisões detectadas pelo ALICE

SÃO PAULO –  Resultados iniciais das colisões de íons de chumbo do LHC indicam que o universo teria se comportado como um líquido super-quente imediatamente após o Big Bang.

O Grande Colisor de Hádrons (LHC) é uma máquina circular de 27 km enterrada nas dependências do CERN (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear), na fronteira franco-suíça.

Leia também:

Desde o início do mês, ele deixou de colidir prótons e passou a trabalhar com íons pesados, como os de chumbo. O experimento é um laboratório para estudar matérias muito quentes, muito densas, similares às encontradas no início do universo – algo chamado de plasma “quark-gluon”.

Agora, utilizando o experimento ALICE  (A Large Ion Collider Experiment), projetado para medir as partículas produzidas nas colisões do LHC, pesquisadores da Universidade de Birmingham trabalhando no CERN descobriram que o universo primitivo não era apenas quente e denso, como também se comportava como um líquido.

Acelerando e colidindo os íons de chumbo, o ALICE gerou o que pode ser descrito como quentes e densas bolas de fogo subatômicas, recriando as condições que existiram nos primeiros microssegundos após o Big Bang. Esses mini big-bangs criam temperaturas de mais de dez trilhões de graus Celsius, o que derreteria a matéria normal em uma “sopa” primordial (o plasma de quark-gluon).

Apenas com esses primeiros resultados observados com as colisões de chumbo os pesquisadores já conseguiram importantes informações. Por exemplo, eles descartaram diversos modelos teóricos da física, incluindo aqueles que previam que o plasma de quark-gluon, a essas energias, se comportaria como um gás. Outro dado importante é que mais partículas sub-atômicas são produzidas nessa colisões do que o previsto em alguns modelos.

Outras colisões e novas análises devem revelar como o plasma irá evoluir no tempo e no espaço, ajudando os pesquisadores a compreender melhor a origem e a organização do Universo. 

Os trabalhos sobre a descoberta aguardam publicação, mas estão disponíveis online.

Anúncios

Publicado em 25/11/2010, em Ciência e tecnologia. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: