Tentando avaliar a dimensão da Constante de Avogadro

Que a Constante de Avogadro é muito grande não resta dúvida. Mas quão grande é esse número?

Um mil (1.000) pode ser escrito como (1 • 103).

Um milhão (1.000.000) pode ser escrito como 1 • 106).

Um bilhão (1.000.000.000) pode ser escrito como (1• 109).

A Constante de Avogadro corresponde a seiscentos (600.000.000.000.000.000.000.000) e normalmente seu valor aproximado é escrito como 6 • 1023).

Para tentar imaginar o quão grande é esse número, uma maneira é fazer analogias.

Vejamos uma primeira analogia:

Imagine que alguém conseguisse contar um número por segundo, sem parar jamais. Quantos anos seriam gastos para se chegar a esse número?

Arrisque um palpite antes de começar a leitura!

Bem, 1 hora tem 60 minutos com 60 segundos cada um, ou seja, 3.600 segundos. Assim, após 1 hora contando, esse alguém chegaria ao número 3.600 (três mil e seiscentos).

Um dia tem 24 horas. Então, após 1 dia contando sem parar, esse alguém chegaria ao número 86.400 (oitenta e seis mil e quatrocentos), que equivale a 3.600 multiplicado por 24.

Após 1 ano (com 365 dias) esse alguém chegaria ao número 31.536.000 (trinta e um milhões, quinhentos e trinta e seis mil), que equivale a 86.400 multiplicado por 365.

Daqui para frente, façamos um cálculo por regra de três para ver em quantos anos o indivíduo contador chegaria ao fim:

Esse resultado equivale a 19.000.000.000.000.000 anos, ou seja, 19 quatrilhões de anos. É esse o tempo que o indivíduo gastaria para contar até 6 • 1023, se o intento fosse possível.

Vejamos uma segunda analogia:

Caso fossem espalhadas 6 • 1023 bolas de gude por toda a superfície da Terra, elas produziriam uma camada recobrindo a Terra de aproximadamente 5 km de espessura.

Vejamos uma terceira analogia:

Caso fossem colocadas em linha reta 6 • 1023 moedas de 1 centavo, elas circulariam a Terra cerca de 300 trilhões de vezes.

A Constante de Avogadro é tão grande que foge da nossa vivência macroscópica. Assim, falar em mol de objetos macroscópicos é algo que beira o absurdo.

Texto extraído de "INFORME-SE SOBRE A QUÍMICA"
Química: na abordagem do cotidiano, volume único/Francisco de Miragaia Peruzzo (Tito), Eduardo Leite do Canto. – 3.ed.- São Paulo: Moderna 2007.

Anúncios

Publicado em 22/04/2011, em Conceitos Químicos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: