Químicos teriam criado hidrogênio metálico

Por Paula Rothman, de INFO Online

• Quinta-feira, 17 de novembro de 2011 – 17h29

vitroid/Flickr

São Paulo- Dupla de pesquisadores alemães afirma ter realizado feito polêmico na química: criar hidrogênio metálico.

A substância teria grandes aplicações: na forma metálica, o hidrogênio seria bem mais denso que no seu estado normal, o que o tornaria um excelente combustível de foguetes e, possivelmente, um excelente condutor.

No entanto, segundo a Royal Society of Chemistry, os resultados obtidos por Mikhail Eremets e Ivan Troyan, do Instituto Max-Planck, estão sendo considerados muito polêmicos pela comunidade química.

Desde o final do século 19, pesquisadores indicam que seria possível transformar o hidrogênio em um metal – afinal, o elemento químico está no topo da coluna dos Metais Alcalinos na Tabela Periódica. Essa transformação se daria por meio de condições extremas de temperatura e pressão.

Em 1935, os físicos Eugene Wigner e Hillard Bell Huntington previram que o material deveria virar um sólido metálico a pressões de mais de 250 mil atmosferas; experimentos posteriores, no entanto, negaram essa teoria. Recentemente, teste com pressões acima de um milhão de atmosferas e temperaturas próximas do zero absoluto deram alguns indícios de que isto seria possível, porém todos os resultados foram considerados inconclusivos.

Agora, a dupla alemã acredita ser a primeira a obter evidências conclusivas do hidrogênio metálico. Em seu experimento, eles condensaram hidrogênio em um anel de alumínio e epoxy, colocado em um mecanismo que usa diamantes para segurar o material. A equipe então mediu a transmissão de luz (através do diamante) e a resistência do hidrogênio (com eletrodos colocado na superfície do diamante).

À temperatura ambiente e 2,2 milhões de atmosferas, o hidrogênio parecia se tornar opaco e condutor elétrico. Então, abaixando a temperatura a -272º C colocando a pressão acima de 2,6 milhões de atmosferas, viram que a resistência aumentou em 20%. Para a dupla, o leve aumento da resistência com baixas temperaturas é uma característica dos metais. No entanto, os críticos dizem que a mudança deveria ter sido mais drástica: não de 20%, mas de 4000%. Há a suspeita, inclusive, de que o hidrogênio estivesse se manifestando dessa forma por reagir com o material do anel. De qualquer forma, será preciso obter mais dados antes de uma conclusão.

Anúncios

Publicado em 17/11/2011, em Atualidades. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: