Prêmio Nobel de Química

Prêmio Nobel de Química 1901-1920

More Sharing ServicesCompartilhar|Share on orkutShare on twitterShare on facebookShare on email

Esta seção objetiva apresentar os químicos laureados com o Prêmio Nobel de 1901 a 1920.
As informações a respeito dos cientistas premiados foram obtidas do sítio
Wikipedia e do sítio oficial do Prêmio Nobel, em 16/03/2009, sendo o seu conteúdo responsabilidade daquela enciclopédia colaborativa virtual. O link no nome da cada cientista remete a um ambiente externo ao portal.
Os premiados entre 1901 e 1920 são:
1901
Jacobus Henricus van’t Hoff
Químico dos Países Baixos que levou a cabo estudos sobre afinidade química e sobre cinética das reações, mediante a aplicação de conceitos termodinâmicos ao estudo dos equilíbrios químicos, e determinou a relação entre a constante de equilíbrio e a temperatura absoluta (equação isocórica de Van’t Hoff).
1902
Hermann Emil Fischer
Químico alemão que desenvolveu trabalhos sobre a síntese dos açúcares.
1903
Svante August Arrhenius
Químico sueco que desenvolveu uma teoria sobre a dissociação eletrolítica.
1904
William Ramsay
Químico britânico que desenvolveu trabalhos sobre os gases e a determinação da posição que ocupam no sistema periódico.
1905
Johann Friedrich Wilhelm Adolf von Baeyer
Químico alemão que desenvolveu a síntese de índigo e a determinação da sua estrutura química.
1906
Henri Moissan
Químico francês que, entre suas contribuições científicas mais notáveis, realizou, em 1886, o isolamento do flúor na forma de um gás amarelo esverdeado, por eletrólise de uma solução de fluoreto de hidrogênio e potássio (KHF) em fluoreto de hidrogênio (HF).
1907
Eduard Buchner
Químico alemão que desenvolveu o processo de fermentação na ausência de células vivas.
1908
Ernest Rutherford
Físico e Químico inglês que investigou a desintegração dos elementos e a química das substâncias radioativas.
1909
Wilhelm Ostwald
Químico alemão nascido na Letônia, considerado o pai da físico-química. Recebeu o Nobel por seu trabalho sobre catálise.
1910
Otto Wallach
Químico alemão que desenvolveu seus trabalhos no campo dos compostos alicíclicos.
1911
Marie Sklodowska-Curie
Cientista francesa de origem polaca. Foi laureada com o Prêmio Nobel de Física de 1903 pelas suas descobertas no campo da radioatividade (que naquela altura era ainda um fenômeno pouco conhecido) e com o Prêmio Nobel de Química de 1911 pela descoberta dos elementos químicos rádio e polônio.
1912
Victor Grignard
Químico francês. Sua descoberta mais importante foi a dos compostos organomagnesianos, chamados de reativos de Grignard. Esta descoberta permitiu proporcionar na química orgânica um método novo de síntese denominado reação de Grignard.
1912
Paul Sabatier
Químico francês que compartilhou com Victor Grignard o Prêmio Nobel de Química. Sua descoberta mais importante foi a dos compostos organomagnesianos, chamados de reativos de Grignard.
1913
Alfred Werner
Químico alemão que contribuiu com o desenvolvimento da estereoquímica.
1914
Theodore William Richards
Químico norte-americano que desenvolveu seus trabalhos para a determinação dos pesos atômicos de mais de vinte e cinco elementos, com quatro cifras decimais.
1915
Richard Martin Willstätter
Químico alemão que promoveu pesquisas pioneiras sobre os pigmentos vegetais, especialmente a clorofila.
1916 não houve premiação.
1917 não houve premiação.
1918
Fritz Haber
Químico polonês que desenvolveu a síntese do amoníaco.
1919 não houve premiação.
1920
Walther Hermann Nernst
Físico-químico alemão que desenvolveu o chamado “teorema do calor”, segundo o qual a entropia de uma matéria tende a anular-se quando sua temperatura se aproxima do zero absoluto, constituindo a terceira lei da termodinâmica.

Os premiados entre 1921 e 1940 são:
1921
Frederick Soddy
Químico inglês que fez notáveis contribuições para o conhecimento das substâncias radiativas.
1922
Francis William Aston
Físico e químico britânico que determinou as massas atômicas de todos os elementos do sistema periódico.
1923
Fritz Pregl
Químico austríaco que planejou e desenvolveu métodos de microanálises orgânicas.
1924 não houve premiação.
1925
Richard Adolf Zsigmondy
Químico austríaco que promoveu investigações teóricas e experimentais da química dos coloides e idealização e realização do primeiro ultramicroscópio.
1926
Theodor Svedberg
Químico sueco que desenvolveu pesquisas sobre a física-química dos coloides.
1927
Heinrich Otto Wieland
Químico alemão que desenvolveu pesquisas sobre os ácidos biliares.
1928
Adolf Otto Reinhold Windaus
Químico alemão que promoveu estudos sobre a constituição das esterinas e suas relações com a vitamina D.
1929
Arthur Harden
Bioquímico inglês cujas pesquisas se referem aos processos químicos que ocorrem na fermentação dos carboidratos pelas células de leveduras. Descobriu um procedimento para acelerar a fermentação adicionando ao meio fosfatos inorgânicos.
1929
Hans Karl August Simon von Euler-Chelpin
Químico sueco que compartilhou o Nobel com Sir Arthur Harden, por suas investigações no campo da fermentação do açúcar e das enzimas responsáveis pelo processo.
1930
Hans Fischer
Químico e médico alemão que trabalhou, principalmente, na pesquisa dos pigmentos do sangue, da bile e também da clorofila das plantas, assim como na química das porfirinas e dos seus pigmentos derivados. Deu especial importância para síntese da bilirrubina e da hemina, um dos componentes da hemoglobina.
1931
Carl Bosch
Químico e industrial alemão que, depois da I Guerra Mundial, trabalhou nas sínteses do petróleo e do metanol, aplicando procedimentos químicos sob alta pressão.
1931
Friedrich Bergius
Químico e industrial alemão. Seu trabalho na pesquisa sobre a influência das altas pressões nas reações químicas, foi reconhecido em 1931 com a concessão do Prêmio Nobel de Química, que compartilhou com Carl Bosch.
1932
Irving Langmuir
Químico norte-americano que desenvolveu o seu trabalho em películas monomoleculares e em química de superfícies.
1933 não houve premiação.
1934
Harold Clayton Urey
Químico estadunidense que desenvolveu o método de obtenção do deutério (hidrogênio pesado) e o isolamento da água pesada (óxido de deutério, D2O).
1935
Frédéric Joliot
Físico francês que trabalhou toda a sua vida com sua mulher, Irène Joliot-Curie, no campo da física nuclear e da estrutura do átomo. Juntos demonstraram a existência do nêutron e descobriram a radioatividade artificial em 1934.
1935
Irène Joliot-Curie
Física francesa que trabalhou toda a sua vida com com seu marido, Frédéric Joliot, no campo da estrutura do átomo e da física nuclear. Demonstraram a existência do nêutron e descobriram, em 1934, a radiatividade artificial.
1936
Petrus Josephus Wilhelmus Debye
Físico-químico estadunidense, de origem dos Países Baixos, que contribuiu para o conhecimento das estruturas moleculares.
1937
Walter Norman Haworth
Químico britânico condecorado com o Prêmio Nobel de Química, compartilhado com Paul Karrer, por suas investigações sobre os hidratos de carbono e da vitamina C.
1937
Paul Karrer
Químico suíço, agraciado com o Prêmio Nobel de Química, que compartilhou com Walter Norman Haworth por suas investigações sobre os hidratos de carbono e da vitamina C.
1938
Richard Kuhn
Químico alemão que desenvolveu pesquisas sobre a constituição do caroteno, que lhe permitiu sintetizar a vitamina A.
1939
Adolf Friedrich Johann Butenandt
Bioquímico alemão condecorado em 1939 com o Prêmio Nobel de Química pela pesquisa dos hormônios sexuais humanos.
1939
Leopold Ruzick
Químico suíço condecorado em 1939 com o Prêmio Nobel de Química pela pesquisa dos hormônios sexuais humanos.
1940 não houve premiação.

Os premiados entre 1941 e 1960 são:
1941 não houve premiação.
1942 não houve premiação.
1943
George de Hevesy
Físico-químico húngaro que ajudou no desenvolvimento dos chamados “traçadores radioativos”.
1944
Otto Hahn
Químico alemão que durante a Segunda Guerra Mundial foi um participante do programa alemão para o desenvolvimento de uma arma nuclear sob a liderança de Werner Heisenberg
1945
Artturi Ilmari Virtanen
Químico da Finlândia que desenvolveu investigação e descoberta nas áreas da agricultura e da nutrição, especialmente pelo método de preservação da forragem (o método AIV), que melhorou a armazenagem de forragem verde, muito importante para os países nórdicos com invernos rigorosos. A investigação de Virtanen estendeu-se também ao estudo das bactérias que fixam o nitrogênio na raiz das plantas e aos métodos para melhor conservar a manteiga.
1946
James Batcheller Sumner
Químico dos Estados Unidos da América premiado com o Nobel de Química pela descoberta da cristalização das enzimas.
1946
John Howard Northrop
Químico dos Estados Unidos da América premiado com o Nobel de Química pelo seus estudos sobre enzimas.
1946
Wendell Meredith Stanley
Bioquímico e virologista norte-americano, pesquisador em proteínas.
1947
Sir Robert Robinson
Químico do Reino Unido premiado com o Nobel de Química por propor uma origem duplex para o petróleo. Concluiu que o petróleo pode ser uma substância primordial na qual bioprodutos foram posteriormente adicionados.
1948
Arne Wilhelm Kaurin Tiselius
Químico da Suécia desenvolveu trabalhos sobre a natureza do plasma sanguíneo.
1949
William Francis Giauque
Químico do Canadá que desenvolveu estudos em termodinâmica, especialmente por suas investigações sobre as propriedades de substâncias a baixas temperaturas.
1950
Otto Paul Hermann Diels
Químico da Alemanha pesquisou e desenvolveu a síntese do dieno, dividindo o Nobel com Kurt Alder.
1950
Kurt Alder
Químico da Alemanha pesquisou e desenvolveu a síntese do dieno, dividindo o Nobel com Otto Diels.
1951
Edwin Mattison McMillan
Químico dos Estados Unidos da América premiado com o Nobel de Química pelas pesquisas na química dos elementos transurânicos.
1951
Glenn Theodore Seaborg
Químico dos Estados Unidos da América premiado com o Nobel de Química pelas pesquisas na química dos elementos transurânicos.
1952
Archer John Porter Martin
Químico do Reino Unido criou a cromatografia da partícula, dividindo o Nobel com Richard Synge.
1952
Richard Laurence Millington Synge
Químico do Reino Unido criou a cromatografia da partícula, dividindo o Nobel com Archer Martin.
1953
Hermann Staudinger
Químico da Alemanha desenvolveu pesquisas no campo da química macromolecular.
1954
Linus Carl Pauling
Químico quântico e bioquímico dos Estados Unidos da América que recebeu o Prêmio Nobel da Química pelo seu trabalho relativo à natureza das ligações químicas.
1955
Vincent du Vigneaud
Químico dos Estados Unidos da América que promoveu investigação sobre os hormônios, aminoácidos, vitaminas e proteínas.
1956
Sir Cyril Norman Hinshelwood
Químico britânico que desenvolveu pesquisas sobre o mecanismo das reações químicas, dividindo o Nobel com Nikolay Semenov.
1956
Nikolay Nikolaevich Semenov
Químico soviético que desenvolveu pesquisas sobre o mecanismo das reações químicas, dividindo o Nobel com Cyril Hinshelwood.
1957
Lord Alexander R. Todd
Químico do Reino Unido que desenvolveu pesquisas sobre a estrutura e síntese de nucleotídeos, nucleosídeos e coenzimas.
1958
Frederick Sanger
Inglês formado em Ciências Naturais que determinou a estrutura molecular da Insulina.

1959Jaroslav Heyrovsky
Químico da República Checa, premiado pelo desenvolvimento da polarografia.
1960
Willard Frank Libby
Químico dos Estados Unidos da América que desenvolveu um método para o uso do Carbono-14 para a determinação da idade de materiais usado em arqueologia, geologia, geofísica e outros ramos da ciência.

Os premiados entre 1961 e 1980 são:

1961Melvin Calvin
Bioquímico americano responsável pela identificação do papel do carbono na fotossíntese.
1962
Max Ferdinand Perutz
Químico da Áustria premiado pelos estudos da estrutura globular das proteínas, dividindo o Nobel com John Kendrew.
1962
John Cowdery Kendrew
Químico do Reino Unido premiado pelos estudos da estrutura globular das proteínas, dividindo o Nobel com Max Perutz.
1963
Karl Ziegler
Químico da Alemanha premiado por suas descobertas no campo da química e tecnologia de polímeros, dividindo o Nobel com Giulio Natta.
1963
Giulio Natta
Químico da Itália premiado por suas descobertas no campo da química e tecnologia de polímeros, dividindo o Nobel com Karl Ziegler.
1964
Dorothy Crowfoot Hodgkin
Química do Reino Unido premiado por suas determinações, usando técnicas de raios-X, das estruturas de importantes substâncias bioquímicas.
1965
Robert Burns Woodward
Químico dos Estados Unidos da América premiado com o Nobel por suas brilhantes realizações na arte da química orgânica.
1966
Robert S. Mulliken
Químico dos Estados Unidos da América, um dos pioneiros no trabalho da Teoria da Orbital molecular; atualmente a tese mais aceita que explica as ligações covalentes.
1967
Manfred Eigen
Químico da Alemanha premiado por seus estudos de reações químicas extremamente rápidas, efeito do distúrbio do equilíbrio por meio de pulsos muito curtos de energia. Prêmio dividido por Norrish e Porter.
1967
Ronald George Wreyford Norrish
Químico do Reino Unido premiado por seus estudos de reações químicas extremamente rápidas, efeito do distúrbio do equilíbrio por meio de pulsos muito curtos de energia. Prêmio dividido por Eigen e Porter.
1967
George Porter
Químico do Reino Unido premiado por seus estudos de reações químicas extremamente rápidas, efeito do distúrbio do equilíbrio por meio de pulsos muito curtos de energia. Prêmio dividido por Norrish e Porter.
1968
Lars Onsager
Físico-químico norueguês, naturalizado norte-americano, que recebeu o Prêmio Nobel de Química por suas contribuições fundamentais à Termodinâmica de Processos Irreversíveis.
1969
Derek H. R. Barton
Químico do Reino Unido que realizou estudos sobre o conceito de conformação e sua aplicação em química, dividindo o prêmio com Odd Hassel.
1969
Odd Hassel
Químico da Noruega, realizou estudos sobre o conceito de conformação e sua aplicação em química, dividindo o prêmio com Derek Barlon.
1970
Luis F. Leloir
Pesquisador Argentino que descobriu nucleótidos de açúcar e o seu papel na biossíntese de carboidratos.
1971
Gerhard Herzberg
Químico da Alemanha premiado com o Nobel por sua contribuição para o conhecimento da estrutura electrônica e geometria das moléculas, particularmente dos radicais livres.
1972
Christian B. Anfinsen
Químico dos EUA premiado pelo seu trabalho sobre ribonuclease, especialmente no que se refere à conexão entre a sequência de aminoácidos e a conformação biologicamente ativa.
1972
Stanford Moore
Químico dos Estados Unidos da América premiado por sua contribuição para a compreensão da ligação entre a estrutura química e actividade catalítica do centro ativo da molécula ribonuclease, dividindo o Nobel com William Stein.
1972
William H. Stein
Químico dos Estados Unidos da América premiado por sua contribuição para a compreensão da ligação entre a estrutura química e actividade catalítica do centro ativo da molécula ribonuclease, dividindo o Nobel com Stanford Moore.
1973
Ernst Otto Fischer
Químico da Alemanha premiado por seu trabalho pioneiro, realizado de forma independente, sobre a química de organometálicos, chamados compostos sanduíche. Dividiu o prêmio com Geoffrey Wilkinson.
1973
Geoffrey Wilkinson
Químico do Reino Unido premiado por seu trabalho pioneiro, realizado de forma independente, sobre a química de organometálicos, chamados compostos sanduíche. Dividiu o prêmio com Ernst Fischer.
1974
Paul J. Flory
Químico dos Estados Unidos da América premiado por suas pesquisas, teóricas e experimentais, na físico-química das macromoléculas.
1975
John Warcup Cornforth
Químico australiano, laureado por seu trabalho sobre a estereoquímica das reações catalizadas por enzimas..
1975
Vladimir Prelog
Químico da Croácia premiado por sua investigação sobre a estereoquímica de moléculas orgânicas e reacções.
1976
William N. Lipscomb
Químico dos Estados Unidos da América premiado por seus estudos sobre a estrutura dos boranos iluminando problemas de colagem química.
1977
Ilya Prigogine
Nasceu em Moscou, Rússia; ganhador do Prêmio Nobel pelos seus estudos em termodinâmica de processos irreversíveis com a formulação da teoria das estruturas dissipativas.
1978
Peter D. Mitchell
Químico do Reino Unido premiado pela sua contribuição para o entendimento da transferência de energia biológica através da formulação da teoria quimiosmótica.
1979
Herbert C. Brown
Químico do Reino Unido premiado pelo desenvolvimento de pesquisas sobre o uso de compostos de boro e fósforo em importantes reagentes em síntese orgânica. Dividiu o prêmio com Georg Witting.
1979
Georg Wittig
Químico da Alemanha premiado pelo desenvolvimento de pesquisas sobre o uso de compostos de boro e fósforo em importantes reagentes em síntese orgânica. Dividiu o prêmio com Herbert Brown.
1980
Paul Berg
Químico estadunidense, ganhador do Prêmio Nobel em 1980 por desenvolver métodos para mapear as estruturas e funções do DNA.
1980
Walter Gilbert
Cientista dos Estados Unidos da América que contribuiu na determinação das sequências de bases dos ácidos nucleicos.
1980
Frederick Sanger
Nasceu em Rendcombe, Inglaterra, e, conjuntamente com Walter Gilbert, ganhou o prêmio em 1980 pelos estudos sobre o DNA.

1981Kenichi Fukui
Químico do Japão premiado com o Nobel de Química por suas teorias, desenvolvidas de forma independente, sobre o caminho das reações químicas.
1981
Roald Hoffmann
Químico da Polônia premiado com o Nobel de Química por suas teorias, desenvolvidas de forma independente, sobre o caminho das reações químicas.
1982
Aaron Klug
Químico da Lituânia premiado com o Nobel de Química pelo desenvolvimento da microscopia eletrônica cristalográfica e a elucidação estrutural de importantes complexos ácido-proteína nucleicos.
1983
Henry Taube
Químico canadense premiado pelo seu trabalho sobre os mecanismos de reações de transferência de elétrons, especialmente em metais complexos.
1984
Robert Bruce Merrifield
Químico dos Estados Unidos da América premiado pelo desenvolvimento de metodologia para síntese química em uma matriz sólida.
1985
Herbert A. Hauptman
Químico estadunidense que desenvolveu métodos diretos para a determinação das estruturas de cristal, dividindo o prêmio com Jeronme Karle.
1985
Jerome Karle
Cientista matemático norte-americano que, pela investigação de estruturas cristalinas moleculares de átomo leves, por análise dos correspondentes de difração de espectros raios-X, elétrons, nêutrons mediante métodos originais, recebeu o Prêmio Nobel de Química de 1985, compartilhado com Herbert A. Hauptman.
1986
Dudley R. Herschbach
Químico dos Estados Unidos da América premiado por suas contribuições sobre a dinâmica dos processos químicos elementares. Dividiu o Nobel com Polanyl e Lee.
1986
Yuan T. Lee
Químico de Taiwan premiado por suas contribuições sobre a dinâmica dos processos químicos elementares. Dividiu o Nobel com Polanyl e Herschbach.
1986
John C. Polanyi
Químico do Canadá premiado por suas contribuições sobre a dinâmica dos processos químicos elementares. Dividiu o Nobel com Herschbach e Lee.
1987
Donald J. Cram
Químico dos Estados Unidos da América premiado pelo desenvolvimento e utilização de moléculas com interações de estrutura específica de alta seletividade.
1987
Jean-Marie Lehn
Químico da França premiado pelo desenvolvimento e utilização de moléculas com interações de estrutura específica de alta seletividade.
1987
Charles J. Pedersen
Químico dos Estados Unidos da América premiado pelo desenvolvimento e utilização de moléculas com interações de estrutura específica de alta seletividade.
1988
Johann Deisenhofer
Químico da Alemanha premiado pela determinação da estrutura tridimensional do centro da reação de fotossíntese.
1988
Robert Huber
Químico da Alemanha premiado pela determinação da estrutura tridimensional do centro da reação de fotossíntese.
1988
Hartmut Michel
Químico da Alemanha premiado pela determinação da estrutura tridimensional do centro da reação de fotossíntese.
1989
Sidney Altman
Bioquímico canadense, ganhador do Prêmio Nobel dividido com Thomas Cech pelo descobrimento das propriedades catalíticas do ácido ribonucleico (ARN ou RNA).
1989
Thomas R. Cech
Estadunidense ganhador do Prêmio Nobel dividido com Sidney Altman pelo descobrimento das propriedades catalíticas do ácido ribonucleico (ARN ou RNA).
1990
Elias James Corey
Químico dos Estados Unidos da América premiado pelo desenvolvimento da teoria e da metodologia de síntese orgânica.
1991
Richard R. Ernst
Químico da Suíça premiado com o Nobel por suas contribuições sobre o desenvolvimento da metodologia de espectroscopia de ressonância magnética nuclear (RMN) de alta resolução.
1992
Rudolph A. Marcus
Químico do Canadá premiado pelas contribuições para a teoria das reações de transferência de elétrons em sistemas químicos.
1993
Kary B. Mullis
Químico dos Estados Unidos da América premiado por sua invenção do método reação em cadeia da polimerase (PCR).
1993
Michael Smith
Químico do Canadá premiado com o Nobel por sua contribuição fundamental para o estabelecimento de mutagênese baseada em oligonucleotídeo, e o seus estudos no desenvolvimento para estudos de proteína.
1994
George A.Olah
Químico da Hungria premiado por sua contribuição para a química do carbocátion.
1995
Paul J.Crutzen
Químico da Alemanha premiado com o Nobel por seus trabalhos em química atmosférica, especialmente no que diz respeito a formação e a decomposição de ozônio.
1995
Mario J.Molina
Químico mexicano, um dos primeiros cientistas a alertar sobre o perigo que representam para a camada de ozônio os clorofluorcarbonetos empregados em aerossóis tanto industriais quanto domésticos.
1995
F. Sherwood Rowland
Químico dos Estados Unidos da América premiado por seus trabalhos em química atmosférica, especialmente no que diz respeito à formação e à decomposição de ozônio.
1996
Robert Curl
Químico dos Estados Unidos da América premiado com o Nobel de Química em 1996 pela descoberta de uma nova forma de carbono, buckminsterfullereno.
1996 Sir
Harold Kroto
Químico do Reino Unido, provou que as estrelas de carbono podiam produzir as cadeias de carbono, mas também revelou um resultado surpreendente – a existência de moléculas do tipo C60.
1996
Richard Smalley
Químico estado-unidense ganhador do Nobel de Química pela descoberta de uma nova forma de carbono, buckminsterfullereno, juntamente com o também professor de química da Rice Robert Curl e com Harold Walter Kroto
1997
Paul D. Boyer
Químico dos Estados Unidos da América premiado pela elucidação do mecanismo enzimático subjacentes à síntese da adenosina trifosfato (ATP).
1997
John E. Walker
Químico do Reino Unido premiado pela elucidação do mecanismo enzimático subjacentes à síntese da adenosina trifosfato (ATP).
1997
Jens C. Skou
Químico da Dinamarca premiado com o Nobel pela primeira descoberta do íon-transporte de enzimas, Na +, K + – ATPase.
1998
Walter Kohn
Químico da Áustria premiado com o Nobel pelo desenvolvimento da teoria densidade-funcional.
1998
John A. Pople
Químico inglês laureado com o Prêmio Nobel de Química em 1998 pelo desenvolvimento de métodos computacionais em química quântica.
1999
Ahmed H. Zewail
Químico nacionalizado norte-americano que constituiu a base de um novo ramo da química, a chamada femtoquímica, cujo desenvolvimento permite entender melhor as reações do metabolismo dos seres vivos, por esta pesquisa foi-lhe outorgado o prêmio Nobel.
2000
Alan J Heeger
Físico norte-americano a quem a Academia Sueca outorgou o Prêmio Nobel de Química por sua contribuição ao conhecimento e desenvolvimento da ciência dos polímeros orgânicos condutores de eletricidade.
2000
Alan G MacDiarmid
Químico norte-americano, de origem neozelandesa, que foi laureado com o Prêmio Nobel por sua contribuição ao desenvolvimento da ciência e aplicações dos polímeros orgânicos com capacidade para conduzir a corrente elétrica.
2000
Hideki Shirakawa
Químico japonês que em reconhecimento a sua descoberta sobre as propriedades eletrocondutoras de alguns derivados do poliacetileno recebeu o Prêmio Nobel.

Os premiados entre 2001 e 2011 são:

2001William S. Knowles
Químico americano premiado com Nobel pelo trabalho sobre as reações de hidrogenação quirais catalisadas.
2001
Ryoji Noyori
Químico do Japão premiado com o Nobel pelo trabalho sobre as reações de hidrogenação quirais catalisadas.
2001
K. Barry Sharpless
Nasceu na Filadélfia, Pensilvânia – Estados Unidos, e recebeu o Prêmio Nobel por haver conseguido catalisar moléculas quirais por oxidação.
2002
John B. Fenn
Químico norte-americano que desenvolveu métodos de identificação e análise estrutural de macromoléculas biológicas, contribuindo para o melhor entendimento de processos vitais.
2002
Koichi Tanaka
Engenheiro japonês que recebeu o Prêmio Nobel pelo desenvolvimento de métodos científicos de identificação e de análise estrutural de macromoléculas biológicas.
2002
Kurt Wüthrich
Químico da Suíça premiado com o Nobel pelo desenvolvimento da espectroscopia de ressonância magnética nuclear para determinar a estrutura tridimensional de macromoléculas biológicas em solução.
2003
Peter Agre
Químico dos Estados Unidos da América premiado pela descoberta de canais de água.
2003
Roderick MacKinnon
Químico dos Estados Unidos da América premiado por seus estudos estruturais e mecanicistas de canais de íons.
2004
Aaron Ciechanover
Biólogo israelense que recebeu o Prêmio Nobel de Química pela descoberta da degradação de proteínas mediada pela ubiquitina.
2004
Avram Hershko
Biólogo israelita que recebeu o Prêmio Nobel de Química de 2004 pela descoberta da degradação das proteínas através da ubiquitina.
2004
Irwin Rose
Biólogo americano que recebeu o Prêmio Nobel de Química de 2004 pela descoberta da degradação das proteínas através da ubiquitina.
2005
Yves Chauvin
Francês que ganhou o Prêmio Nobel, juntamente com Richard R. Schrock e Robert, pelo desenvolvimento do método metathesis em síntese orgânica. H. Grubbs”
2005
Robert H. Grubbs
Estadunidense que ganhou o Prêmio Nobel, juntamente com Richard R. Schrock e Yves Chauvin, pelo desenvolvimento do método metathesis em síntese orgânica.
2005
Richard R. Schrock
Natural de Indiana, Estados Unidos da América, ganhou o Prêmio Nobel da Química, juntamente com Robert H. Grubbs e Yves Chauvin, pelo desenvolvimento do método metathesis em síntese orgânica.
2006
Roger D. Kornberg
Bioquímico estadunidense que ganhou o Prêmio Nobel da Química pelos estudos da base molecular da transcrição eucariótica.
2007
Gerhard Ertl
Químico alemão que ganhou o Prêmio Nobel da Química pelos seus estudos na área dos processos químicos em superfícies sólidas.
2008
Osamu Shimomura
Químico Japonês premiado pela descoberta e desenvolvimento da proteína verde fluorescente.
2008
Martin Chalfie
Químico estadunidense premiado pela descoberta e desenvolvimento da proteína verde fluorescente.
2008
Roger Y. Tsien
Químico dos EUA que rebebeu o Prêmio Nobel da Química pela descoberta e desenvolvimento da proteína verde fluorescente.
2009
Venkatraman Ramakrishnan
Físico Indiano, naturalizado americano, que recebeu o Nobel de Química pelos estudos da estrutura e funcionamento dos ribossomos.
2009
Thomas A. Steitz
Bioquímico estadunidense que recebeu o Nobel de Química pelos estudos da estrutura e funcionamento dos ribossomos.
2009
Ada E. Yonath
Uma cientista israelense que recebeu o Nobel de Química pelos estudos da estrutura e funcionamento dos ribossomos.
2010
Richard Fred Heck
Químico estadunidense da Universidade de Delaware (EUA), laureado com o Nobel pela descoberta e desenvolvimento da reação de Heck, que usa o metal paládio como catalisador de reações de compostos orgânicos combinando haloarenos com alcenos.
2010
Ei’ichi Negishi (em japonês: 根岸 英一)
Químico japonês da Universidade Purdue e da Universidade de Siracusa, que recebeu do Prêmio Nobel pelos seus trabalhos referentes à reação catalizada por paládio em sínteses orgânicas.
2010
Akira Suzuki (em japonês: 鈴木 章)
Químico japonês da Universidade de Hokkaido que recebeu o prêmio Nobel pela Reação de Suzuki – que parte da reação orgânica de um ácido borânico de arila ou vinil com um haleto de arila ou vinil catalizado por um paládio de complexidade zero.

2011 Daniel Shechtman
Químico israelense premiado com Nobel pelo por estudo sobre ‘quase-cristais’ que redefiniram o primeiro capítulo do estudo da matéria organizada”.

Publicado em 28/05/2012, em Conceitos Químicos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: